Bem Vindo(a)!

Sejamos jovens adeptos à cultura




sexta-feira, 26 de março de 2010

Trechos de livros.!

"Assim como o grito tem o eco, a flor o aroma e a dor o gemido, tem o amor o suspiro; ah! o amor é demoninho que não pede para entrar no coração da gente e, hóspede quase sempre importuno, por pior trato que lhe dê, não desconfia, não se despede, vai-se colocando e deixando ficar, sem vergonha nenhuma, faz-se dono da casa alheia, toma conta de todas as ações, leva o seu domínio muito cedo aos olhos, e às vezes dá tais saltos no coração, que chega a ir encarapitar-se no juízo."

A Moreninha - Joaquim Manuel de Macedo 

" É singular como a melancolia inspira! Seja por uma necessidade de expansão, seja porque a música e a poesia suavisam a dor, toda a criatura triste acha no canto um supremo consolo"
"Com efeito, o que exprime essa cadeia que liga os dois extremos de tudo o que constitue a vida? Que quer dizer a força no ápice do poder aliada à fraqueza em todo o seu mimo; a beleza e a graça sucedendo aos dramas terríveis e aos monstros repulsivos; a morte horrível a par da vida brilhante. Não é isso a poesia? O homem que nasceu, embalou-se e cresceu nesse berço perfumado; no meio de cenas tão diversas, entre o eterno contraste do sorriso e da lágrima, da flor e do espinho, do mel e do veneno, não é um poeta?"

O Guarani

Um comentário:

disse...

nossa, perfeito esses trechos! sabe que eu tenho a maior vontade de ler "A Moreninha"?! mas ainda não tive a oportunidade!
por: Nátalie Uchôa

Visitante número: